Laudas Críticas

Alerta contra o sensacionalismo catastrofista

with 9 comments

Montagem com o titulo de reportagem e respectiva imagem publicadas no portal argentino "Urgente 24"Peço desculpas aos visitantes habituais deste blog pela falta de postagens mais freqüentes nos últimos dias. Minhas atividades profissionais estão desde o início do ano mais intensas e absorventes, inclusive porque preciso concluir muitas tarefas e compromissos antes de entrar em férias.

Há poucos dias, o jornalista Fabiano Angélico, coordenador de projetos da Transparência Brasil, perguntou-me se eram procedentes ou não as informações da reportagem “¿Se viene el fin del mundo?: La NASA pronostica fuertes tormentas solares para el 2012”, publicada em 16/01 pelo portal argentino Urgente 24.

A matéria afirma que pesquisadores ligados à Nasa teriam previsto para 2012 uma intensificação das emissões solares de partículas eletromagnéticas, provocando não só transformações climáticas globais, capazes de prejudicar a produção de alimentos e gerar catástrofes ambientais, mas também distúrbios eletromagnéticos em todo o sistema mundial de telecomunicações e de distribuição de energia elétrica.

Encontrei na internet pouca repercussão sobre esse assunto, como a reportagem “Powerful solar storm could shut down U.S. for months”, da Fox News, que dava o mesmo tom catastrofista. Por outro lado, encontrei também a matéria “Is a ‘Katrina-like’ space storm brewing?”, da ABC News, que se referia a possibilidades que governantes e legisladores de todo o mundo precisam considerar para os próximos anos.

Possibilidades, e não predições

O objetivo deste blog não é fazer reportagem, mas provocar reflexões, o que exige um mínimo de pesquisa minha sobre os temas abordados. Desta vez, por força de minhas limitações momentâneas, limitei-me a entrar em contato com o coordenador da pesquisa citada nessas reportagens: Daniel Baker (Daniel.Baker@lasp.colorado.edu), diretor do Laboratório de Física Atmosférica e Espacial, da Universidade do Colorado, em Boulder, nos Estados Unidos.

Baker atenciosamente respondeu que muitas matérias deram um tom sensacionalista ao assunto, mas observou que houve também boas reportagens, e citou a da ABC News como bom exemplo. O pesquisador coordenou a edição do relatório “Severe Space Weather Events — Understanding societal and economic impacts”, referente ao trabalho de um comitê organizado pela centenária Academia Nacional de Ciências (NAS).

As observações de Baker foram reforçadas também em e-mail enviado pela pesquisadora Sandra Graham (SGraham@nas.edu), diretora de estudos da Junta de Estudos do Espaço do Conselho Nacional de Pesquisas (NRC), que é vinculado à NAS. Ambos me solicitaram que repassasse para jornalistas brasileiros a informação de que as conclusões sobre esses estudos estão disponíveis no relatório acima citado. O acesso ao documento é pago, mas seu sumário executivo (PDF, 240 kB) pode ser baixado gratuitamente.

O assunto não teve, felizmente, maior repercussão, mas pode ser desengavetado a qualquer momento. A fim de não deixar prevalecer o tom sensacionalista e catastrofista, vale a pena retomá-lo, mas de forma responsável.

<<< Página Principal

Anúncios

Written by Mauricio Tuffani

quarta-feira, 28/01/2009 às 8:45

9 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Cara, eu li o resumo e não encontrei nada sobre a previsão para 2012, afinal, está previsto ou não?
    Obrigado pela atenção e bom dia,
    Felipe

    Felipe

    quarta-feira, 28/01/2009 at 10:42

  2. Maurício,

    Hoje, 29 de janeiro, é Dia do Jornalista. Parabéns e um forte abraço fraterno.

    Enézio E. de Almeida Filho

    quinta-feira, 29/01/2009 at 10:22

  3. Hoje em dia, a Nasa é responsável por tudo que rola na imprensa e na internet. Tadinha da Nasa. É tratada como um Deus que está em todos os lugares, vê tudo e tem todas as forças do universo nas suas mãos… A inocência daqueles que encaminham emails tem perdão: a burrice. Mas imaginava-se que os jornalistas teriam mais de dois neurônios para separar as anedotas das notícias.

    everton maciel

    quinta-feira, 29/01/2009 at 11:07

  4. Caro Tuffani,

    Acho particularmente interessante o link http://en.wikipedia.org/wiki/Doomsday_event. Menciono inclusive alguns itens ali listados quando falo sobre o “buraco negro” no LHC. A imaginação humana não tem limites e parece que necessita dessas distrações atávicas.

    Abraços,

    Sérgio

    PS Vide também a CNN: http://edition.cnn.com/2009/TECH/science/01/27/2012.maya.calendar.theories/index.html

    Sergio Novaes

    quinta-feira, 29/01/2009 at 12:16

  5. Digníssimo Tuffani!

    Essa história de 2012 é lamentável. Segundo alguns “pesquisadores”, o “calendário maia” acaba em 2012. Eles concluem que se o calendário maia acaba em 2012, o mundo também acaba em 2012. Agora a moda é relacionar o aquecimento global com o fim do mundo maia. Com as “comprovações científicas da NASA” o fim do mundo em 2012 é incontestável.
    Abração!

    Leonardo

    sexta-feira, 30/01/2009 at 17:23

  6. nada de acabar o recesso? tá fazendo falta!

    everton maciel

    domingo, 15/03/2009 at 21:56

  7. Oi Tuffani,

    Espero que esteja tudo bem com você e com todos os seus e que você volte logo a nos escrever.

    Sua voz e sua presença na blogosfera fazem muita falta.

    Abraço,

    Leonardo

    Leonardo Cruz

    sexta-feira, 20/03/2009 at 20:07

  8. Dou-lhe os meus Parabéns! As suas reflexões são excelentes e os temas interessantes. Terá um link no meu blog.

    Stone

    quarta-feira, 22/04/2009 at 18:36

  9. Cumphanheiro, blogue mais! Estou gostando bastante.

    Colin Brayton

    segunda-feira, 14/12/2009 at 14:26


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: