Laudas Críticas

Canadense revela conexão chinesa no escândalo de revista científica

with one comment

Apesar de continuar ignorado pela imprensa, o escândalo em torno do físico e engenheiro egípcio Mohamed Saladin El Naschie, editor-chefe da revista Chaos, Solitons & Fractals (CS&F), continua em blogs muito atuantes nas áreas de física e matemática. Depois da mais recente manifestação deste blog sobre esse caso (“Saída de editor não esfria caso de pseudociência e favorecimento”, 02/12/2008), alguns pesquisadores começaram a fuçar os registros de um dos parceiros de El Naschie nesse periódico: o físico chinês Ji-Huan He, da Universidade Donghua, em Xangai, editor regional desse periódico na China e editor-chefe da International Journal of Nonlinear Sciences and Numerical Simulation (IJNLSNS).

O interesse no caso não se restringe mais a físicos e matemáticos. Yves Gingras, professor de história e sociologia da ciência e da tecnologia da Universidade de Quebec em Montréal, no Canadá, fez no último sábado (06/12) um intrigante comentário sobre a relação entre o chinês e o egípcio. Está na postagem “L’affaire El Naschie” (30/11), publicado no Secret Blogging Seminar pelo matemático Ben Webster, do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts).

Gingras aponta um fato que eu já havia ressaltado em “Periódico é acusado de pseudociência e favorecimento” (01/12): dos 268 trabalhos de El Naschie registrados no Science Citation Index (SCI), 246 foram publicados na própria CS&F e 19, na IJNLSNS. Mas ele arescenta outras informações relevantes, como a do salto da publicação de papers chineses na CS&F de 18% de 2001 a 2003 para 43% de 2004 a 2008.

Aqui, no Brasil, poucos blogs se manifestaram sobre o assunto. Ontem (segunda, 08/12), Alexandre Hannud Abdo, doutorando do Instituto de Física da USP, comentou o caso em “Pseudociência by Elsevier: o caso El Naschie”, reproduzido no blog Ars Physica, o mesmo da postagem “A semana nos arXives”, onde em 03/12 trocamos idéias eu e Daniel Doro Ferrante, que acaba de concluir seu pós-doutorado em física de partículas na Universidade Brown, em Providence (EUA).

Enfim, a cobrança continua em cima do grupo editorial Elsevier, sediado em Amsterdam, que publica a CS&F, ameaça crescer também junto à seletíssima base de dados SCI, que credencia essa revista e também a IJNLSNS, de Ji-Huan He, que apontou El Naschie como “um dos maiores cientistas deste século, desde Newton e Einstein”.

* * * * * * *

Outras postagens sobre o mesmo assunto:

“Saída de editor não esfria caso de pseudociência e favorecimento”, 02/12/2008

“Periódico é acusado de pseudociência e favorecimento”, 01/12/2008

<<< Página Principal

Written by Mauricio Tuffani

terça-feira, 09/12/2008 às 6:54

Publicado em Ética científica

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] Canadense revela conexão chinesa no escândalo de revista científica […]

    A semana nos arXivs… « Ars Physica

    terça-feira, 09/12/2008 at 18:52


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: