Laudas Críticas

Uma máxima para o Conselho de Ética da Câmara

with one comment

Que valor pode ter a consciência de um homem se ela não pode ser negociada?

A frase acima deve ser colocada em uma placa colocada de modo bem visível nas dependências da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, que rejeitou anteontem o parecer que recomendava a cassação do deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o “Paulinho” da Força Sindical, acusado de desvio de recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social) e tráfico de influência.

Os detalhes dessa bandalheira estão na reportagem “Conselho de Ética absolve Paulinho; deputado se diz justiçado e nega pizza”, da Folha de S. Paulo e Folha Online, de ontem (04/12/2008). E seus merecidos adjetivos estão no editorial “O conselho se curvou”, do Estadão de hoje.

<<< Página Principal

Written by Mauricio Tuffani

sexta-feira, 05/12/2008 às 6:27

Publicado em Política

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Tuffani, terrível o ponto em que chegamos. A desfaçatez se esparrama diante de nós e a indignação parece insuficiente para combatê-la.

    Victor Barone

    domingo, 07/12/2008 at 11:19


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: